Viver no mundo fenomênico é transformar-se incessantemente

Resultado de imagem para paisagem
     Viver no mundo fenomênico é transformar-se incessantemente; é não ser hoje o mesmo de ontem; é soltar a vida de hoje para receber a de amanhã. Pode-se dizer que viver é 'morrer a cada instante'. A 'morte' é que torna possível a renovação.

Do livro A Verdade da Vida, volume 33, 4ª edição, página 45 - Masaharu Taniguchi

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Oração para que o inquilino desocupe a casa

Oração pelo funcionamento perfeito dos intestinos

CAUSA DAS DOENÇAS